terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Muito Além dos Cabelos

A gente nunca entende ou tem a real dimensão da frase que cansamos de ouvir: "cabelo é o de menos. O impotante é ficar boa" até nos darmos  conta por nós mesmos, de que essa frase tão batida é a mais pura verdade.
Uma tarde quando eu saia do consultório médico, desesperada com a notícia de que tinha mesmo  que fazer quimioterapia, revoltada e falando tudo o que vinha à cabeça... não percebi que não estava sozinha com meu marido no elevador, e não podia perceber mesmo,  naquele momento eu não enxergava nada... bem  ali no elevados de um dos tantos prédios de Copacabana, em pleno Rio de Janeiro, apareceu um desses anjinhos que encontramos pelo caminho, bateu no meu ombro e pediu com muito jeito para interromper a nossa conversa, e esse anjinho me disse as seguintes palavras: " desculpe, mas não pude deixar de ouvir seu desabafo e me sinto na obrigação de conversar com você". Ela (no caso, "anjinha") completou: " meu nome é Luciana, tenho 32 anos e passei por um tratamento de câncer há um ano atrás..."
- Hã??? Essa história era dela ou a minha? Seria possível tanta coincidência???? O anjinho tinha o mesmo nome e a mesma idade que eu e estava ali para me dizer que tudo bem,  que eu também ia ter forças para passar pelo que fosse preciso...
Meus olhos se encheram de água e meu coração acelerou, quis abrir meus ouvidos e alma para o que ela tinha a dizer. E em meio a tantas palavras de força, não esqueço as seguintes: - "Luciana, seus cabelos vão cair, como os meus caíram, mas você vai descobrir seu nariz, suas orelhas, seus olhos, vai descobrir o quanto é linda e o quanto pode ficar ainda mais linda quando se quer... E depois quando tudo passar, porque passa, vai restar os laços que que perduram e a força que redobra."
Tentei muitas vezes localizar de novo esse anjinho, afinal ela me deixou o seu endereço do Face, mas qual a minha surpresa? o anjinho bateu asas e   voou... Só deixando lembranças , palavras que confortarma e ensinaram  e em mim o sentimento de gratidão...
Resolvi passar para frente...