terça-feira, 22 de julho de 2014

O Show Não Pode Parar


Desde Maio estou roendo as unhas de vontade falar aqui um pouquinho sobre a apresentação que a Escola de Dança Meia Ponta trouxe para nós  nesse ano. Me segurei por que  o espetáculo seria reapresentado nas comemorações de 60 anos do Tênis Clube, sendo assim, adiei os comentários para não tirar daqueles que ainda não tinham visto, para não interferir na linda surpresa como a que tive quando assisti. Confesso que da segunda vez não foi diferente, me emocionei e me encantei novamente!
A dança e a música exercem em mim um poder de encantamento que arrisco a classificar como únicos! Não consigo traduzir a emoção que sinto somente com palavras.
Por esse motivo fico tão feliz e grata a pessoas que, como a Tia Márcia e tantas outras envolvidas, se entregam e se envolvem profundamente nesses projetos que nos permitem vivenciar momentos mágicos, que tem o poder de nos transportar para uma outra dimensão! O Show Não Pode Parar  levou para o palco a história da própria idealizadora e responsável pela Escola de Dança, que há 27 anos enriquece nossa história e cultura. Esta foi a 25ª apresentação em 27 anos de Escola.


Uma história repleta de poesia, narrada lindamente numa cabine de rádio. Onde tudo começa com o nascimento do  amor entre dois jovens - seus pais...


Presenciamos no início,  uma comovente homenagem a  seu pai, Mauricio Valadão, que foi seu  maior incentivador nos primeiros passos de dança, sempre que brincava com ela, sapateando como o ator e dançarino americano, Fred Astaire.



Alunas e ex-alunas subiram ao palco para contar a sempre agitada e divertida infância da menina Márcia, sua fascinação pelo circo e pela figura do  palhaço " ela queria fugir com o circo"...


Muitas bonecas: Fofoletes, Penelópes Charmosas, Susis... 
"Por que brincar é preciso"...


A vida escolar e seus encantos pelas danças folclóricas que eram apresentadas na Escola Melo Viana (ela frequentava as aulas mais com o intuito de ver essas coreografias, do que propriamente estudar! rsrs).
A adolescência e seus descobrimentos repleta de  de deliciosos momentos: festas do pijama, guerrinha de almofadas, coreografias para as amigas.Momentos incríveis, inesquecíveis embalados por músicas deliciosas que me fizeram cantar e voltar no tempo... 

A juventude e os primeiros namoricos, festinhas onde se dançava coladinho. Ai que saudade boa... que delicia reviver esses bons momentos, deu até aquele friozinho gostoso na barriga. E mais música boa!!!

A apresentação contou também da paixão pelo Filme Flashdance, do ídolo Michael Jackson e contou com muitas participações especias de ex alunas, que fecharam com chave de ouro, e deixaram claro a superação, o recomeço e a certeza de que o que é bom deve permanecer!



 Fica aqui meu sincero agradecimento e cumprimentos a todas as pessoas que participaram e deram um brilho todo especial a esse evento tão bacana. Para mim um dos eventos mais lindos da nossa cidade! Quem sabe no próximo, eu também esteja presente!!!


Meu agradecimento especial a Mônica Pimentel, que prontamente me atendeu quando pedi ajuda para narrar aqui esta linda história!