sexta-feira, 9 de maio de 2014

Moscou - Teatro Bolshoi




Impossível estar na Rússia e não querer conhecer o famoso Teatro Bolshói... 
Meu marido super informado que é, comprou nossos ingressos pela Internet ainda no Brasil. Deixar para comprar na Rússia é arriscado não encontrar mais, ou pagar bem mais caro ou perder muitas horas do seu dia numa fila... Enfim, ingressos em mãos, nos produzimos com as melhores roupas que tínhamos levado, porque também sou bem informada e li que o povo investe na produção para a ocasião! E é claro que a gente não queria fazer feio em nossa PRIMEIRA VEZ NUMA ÓPERA!!! Uruhhhh!!!!
Confesso que fiquei meio apreensiva pois eram três horas inteirinhas para ouvir ópera, RUSSA! (e como não estou familiarizada...rsrsrs). 
A primeira boa impressão é o prédio em si, que a noite fica ainda mais mais bonito. É um dos cartões postais de Moscou e é sede da mais aclamada companhia de dança do mundo - o Balé Bolshói . Considerado pela ONU e UNESCO Patrimônio Cultural da Humanidade. Foi construído para abrigar espetáculos de Ópera e Balé.

Como o espetáculo é estenso, após uma hora e meia de show tem um intervalo, e´é muito interessante, fiquei impressionada com o que vi! Realmente todos vão muiiiiito bem vestidos, trajes de festas bem formas, mulherada maquiada, com roupa de gala... e os homes de blazer, etc, etc... Esse é o momento de provar um autentico aperitivo russo: entre outros, o caviar desponta porque é produzido em lta escala na Russia. Tem umas torradinhas com caviar, para acompanhar champanhe, nada muito caro, tipo para experimentar mesmo, vale a cena...

Conclusão final: Sensacional!!!! Sensacional!!! Fomos transportados para um outro mundo durante as três horas de apresentação...  a  arte é mesmo algo que transpõe barreiras  e desperta  sentimentos indescritíveis, saímos de lá tão elétricos que esticamos um pouquinho a noite apesar do cansaço, afinal tínhamos andado o dia todo, então um piinho no resturante Eat and Talk, ambiente delícia, comida boa, preço justo, atendimento super legal.



E voltamos para o hotel caminhando, aproveitando a noite fria e revendo a beleza daquele lugar...