sábado, 6 de setembro de 2014

Três Irmãs

 5 de Setembro - Dia do Irmão.
Para minhas amadas irmãs Natália e Mariana.
Com amor...


" Era uma vez uma menininha "L", que vivia só...
E sozinha ela aprendeu a brincar consigo mesma e com alguns amigos que ela mesmo inventava. Dessa forma, como tinha de ser, ela desenvolveu a criatividade  e treinou muito a  sua imaginação. "L" ficou expert na arte de  falar sozinha, rir sozinha, dançar sozinha... Era feliz naquele mundinho que ela criou. Ninguém a vira chorando. Era só alegria! Ninguém podia negar.
Até que num 12 de Setembro, chegou uma outra menininha "N", para fazer parte do mundo dela. Desta vez ela não estava sonhando, era real. Então "L" teve de aprender a dividir, ela precisou aprender com as diferenças, entende-las, aceitá-las, negociá-las . Foi o seu primeiro contato com o mundo real. E sabe de uma coisa? A menininha ainda não havia visto o mundo com tantas cores como agora e com certeza nunca amara tanto a outro serzinho como amara a essa recém chegada.


"N" havia chegado, com seu jeito doce , fazendo estremecer toda estrutura daquele mundo que parecia tão arrumadinho até agora... E  toda aquela mudança que ela chegara trazendo era incrivelmente boa! A partir de então a menininha que já não era mais só, conheceria o verdadeiro valor de PARCERIA. 
Assim, "L e N" passaram a ser vistas falando juntas, rindo juntas, dançando juntas, brigando juntas... Eram muito felizes! Ninguém podia negar!!
Passados alguns Agostos, eis que mais uma menininha surgiu: "M". Novamente a nova pessoinha vinha modificar os padrões que já tinham se estabelecido ali, e também como tinha de ser, a vinda de uma terceira parceira despertaria ciúmes e estranhamento ... mas nada poderia comprometer a força do amor que tomava conta daquelas três menininhas, era tarde demais...
As diferenças entre elas foram se acentuando, mas juntas elas descobriram a melhor forma de lidar com elas. Agora era impossível imaginar a vida sem uma delas. Foram feitas umas para as outras. Era tão óbvio, estava escrito! 


Assim, "L,M e N"  foram vistas muitas vezes falando, rindo, dançando, brigando, defendendo ...juntas!!! Elas  eram incrivelmente felizes!!! Ninguém podia negar.
Então, aquela menininha lá do início da história nunca mais seria só! 
E não poderia estar mais feliz!Não mesmo. Seu mundo estava completo.
"L, M e N" três irmãs. Não necessariamente nessa ordem.