quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Permita

... "Que o amor invada a sua casa coração"...
Licença?... vou ali viver!
Pode até parecer arrogância ou coisa assim, mas mas não o é! Definitivamente não! 
Tá aí, faz um tempo que desejava colocar no papel, pois desse modo costumo entender melhor as coisas, essa estranha mania de culpa que paira sob grande parte dos seres humanos, a culpa de ser feliz! Como se a felicidade não fosse permitida, como se fosse uma afronta com as demais pessoas... Outro dia ouvi de uma amiga muito querida, que eu precisava prestar atenção à mania que tenho de me sabotar ... Hã? Como assim? Eu??? Não precisei pensar muito, eu sei, é verdade... Sou assim, quando tudo está indo bem arrumo logo algo para lembrar que não é bem por aí, que a vida não é um mar de rosas, que a realidade está logo ali atrás da porta à espera.
Sendo assim, me peguei algumas vezes forçando um infelicidade onde ela era impossível de existir... sabotei passeios lindos, companhias incríveis, momentos únicos... A ponto de estar vendo o anoitecer em plena Torre Eiffel e chorar pensando nas tristezas do mundo... pera aí,isso lá é lugar de pensar nessas coisas... Assim deixamos de vivenciar plenamente uma conquista. Eu sei que "quem sempre quer vitória perde a glória de chorar"... Porém tenho acreditado ultimamente que agradecer e saber viver cada dádiva do universo, cada glória de Deus em nossas vidas é uma maneira de viver dignamente. Por isso vamos nos permitir, vamos viver tudo o que há para viver! Pois não tempo que volte amor.

Obrigada, meu Deus por estar aqui vivendo esse momento lindo!